POR ONDE TENHO ANDADO

natural beauty


Sinto que atingi (novamente) aquela barreira em que antes de avançar forte e feio com qualquer outro assunto, preciso simplesmente de me sentar e conversar um pouco sobre o que tenho andado a fazer nestes últimos meses. Não quero com isto desculpar a minha longa ausência (isso fica para outro dia), mas simplesmente por-vos a par dos grandes acontecimentos que se passaram na minha vida desde a última vez que falámos.

Por onde começar?

Uns meses dentro deste ano, eu e o David decidimos que tinha chegado a altura de vender a nossa casa em Portugal. Depois de muita consideração, pegámos no carro e pusemo-nos a caminho daquela que foi a nossa primeira casa juntos. Passámos cerca de um mês a vasculhar por entre imensas memórias, a desfazer-nos de "trapos velhos", a vender e doar imensas coisas de que já não precisamos ou que sequer nos lembrávamos que tínhamos e a empacotar tudo o que queríamos que continuasse a fazer parte das nossas vidas. Esta experiência teve tanto de difícil quanto de excitante e com um pirilim-pim-pim de sorte acabámos por conseguir vender a casa bem mais rápido do que alguma vez pensámos ser possível. Burocracia tratada e caixotes à parte, depois de duas semanas passadas em casa de grandes amigos, partimos novamente rumo à Holanda com um carro à lá arranha-céus.

Estar em Portugal é sempre bom mas muito stressante ao mesmo tempo, e desta vez foi dez vezes mais de cada. No inicio ainda me iludi a pensar que talvez um mês fosse o suficiente para visitar todos os amigos e família. Mas apenas duas semanas de arrumações e preparações chegaram para perceber que não só isso não iria acontecer, mas que me devia dar por contente por conseguir ver apenas uma mão cheia deles. Oh well, as próximas visitas já serão em full mode turista e na esperança de não ver mais burocracia à frente tão cedo. Pfiu...

Depois desta aventura e da viagem de três dias de volta a casa, percebemos que nenhum de nós tinha aproveitado para relaxar e por isso decidimos tirar uns dias no UK, onde visitámos família e passámos um dia inteiro sozinhos, o que já não acontecia à demasiado tempo. Foi mesmo muito bom podermos dedicar novamente toda a nossa atenção um ao outro e passar algum tempo juntos como nos tempos que lá vão. O David marcou-nos uma mesa no restaurante The Man Behind The Curtain que ambos recomendamos bastante se gostam de novas experiências e apreciam completamente a arte de fazer (e saborear) comida deliciosa.

Depois de uma carrada de reuniões e umas semanas de trabalhos de construção, finalmente completamos algumas das últimas renovações importantes na nossa casa e estamos super felizes. Ainda faltam alguns retoques para estar tudo cem por cento terminado mas, como qualquer dono de casa sabe, há sempre algo mais a fazer.

Como se isto tudo já não fosse bom o suficiente, o David vai começar em breve num novo emprego e acho que nunca o vi tão positivamente ansioso. Não podia estar mais feliz e orgulhosa dele!

Como uma sobremesa que se quer no final da refeição, guardei o melhor para o fim. Ainda soa um pouco estranho dizer isto mas... Estou grávida, novamente! Em breve seremos uma família de quatro (bem, seis se contarmos com o Einstein e a Yoko). Ainda é um nadinha cedo para saber o sexo, mas estamos absolutamente felizes com a notícia e mal podemos esperar por ter mais um bebé na família. Desta vez planeio fazer updates trimestralmente, ou coisa que o valha, uma vez que perdi a oportunidade na última gravidez.

E estes são, de uma forma resumida, os maiores acontecimentos nas nossas vidas neste ano de 2018 que está a chegar a recta final. E vocês, o que andaram a fazer este tempo todo? Tive um pouquinho de saudades vossas. Mas só um pouquinho ;)


Sem comentários

Publicar um comentário